(19) 9 8187 9851
contato@gazetaitapirense.com.br 

  • Orgulho-de-ser-itapirense
(19) 9 8187 9851
contato@gazetaitapirense.com.br 
  • 19/11/2020

Tradicional “Casa Vermelha” vira “Casa Azul” após 90 anos

 Quem circulou pela região central da cidade nesta quarta-feira, 18, certamente não deve ter deixado de notar na esquina das ruas José Bonifácio com João de Morais, uma mudança significativa na tonalidade do prédio comercial que abrigou por mais de 09 décadas a tradicional Casa Vermelha.

O vermelho que simbolizava o antigo estabelecimento deu lugar a um azul profundo e a mudança ganhou as redes sociais.

A maioria estranhou a mudança e alguns chegaram a dar pitaco na escolha do novo inquilino, afirmando que a cor escolhida era de mau gosto.

A GAZETA apurou que no local será instalada uma representação da marca de confecções Hering. O investidor já possui representação em São João da Boa Vista.

Além da revitalização da pintura, o proprietário realiza uma reforma interna para adaptar o espaço às futuras necessidades.

Pintura foi colocada esta semana e mudou substancialmente a paisagem do local

O “vizinho” Nivaldo Franco, dono da Casa do Rolo, contou para a reportagem que durante todo o dia ouviu as pessoas comentando a respeito da mudança. “Algumas pessoas manifestaram sua predileção para a cor que existia anteriormente. Outras se mostraram indiferentes”, comentou. A dona de Casa Jussara Freitas, disse que não gostou da novidade. “Parece que deixou o quarteirão mais escuro. Antes era mais bonito”, comparou.

José Luís Lopes em foto feita pela GAZETA no mês de maio pouco antes de ir para seu novo espaço comercial: tradição quase centenária

José Luís Lopes, que permaneceu no prédio durante 44 anos, preferiu destacar o fato de seguir com o vermelho na fachada do novo prédio para onde se mudou a partir de maio deste ano. “Casa Vermelha tem que ter vermelho no prédio”, brincou. Instado a comentar o que achou da mudança no antigo prédio Lopes foi diplomático. “O novo proprietário deve ter suas razões pessoais e até mesmo mercadológicas para a escolha que realizou. Deve ser respeitada”, completou.

Pintor dá uma ‘roletada’ na nova cor do prédio tradicional

 

 

Últimas Notícias

Guia Comercial

error: