(19) 9 8187 9851
contato@gazetaitapirense.com.br 

(19) 9 8187 9851
contato@gazetaitapirense.com.br 
  • 28/12/2020

Professor Barreto empresta nome ao ‘Museu do Esporte’

 

Em uma cerimônia marcada pela emoção, foi entregue no começo da noite de hoje o ‘Museu do Esporte José de Oliveira Barreto Sobrinho’. O local que homenageia um dos maiores nomes do esporte local está situado no prédio da antiga Estação Ferroviária da FEPASA.

Participaram do ato o homenageado e seus familiares, o deputado Totonho Munhoz, o prefeito Paganini, o vereador Carlinhos Sartori e amigos do professor itapirense.

Em seu discurso, Munhoz destacou a importância de Barreto para Itapira: “tenho certeza que é um dos nomes mais importantes de Itapira. Ele não gerou empregos diretamente como tantos empresários, mas encaminhou muita gente para o caminho do bem, o caminho correto que o esporte e a disciplina levam. Ele é, sem dúvida alguma, um das pessoas mais relevantes de nossa terra”, disse Munhoz, bastante emocionado, a ponto de não segurar as lágrimas.

Munhoz destacou importância do professor Barreto para o esporte e para os itapirenses

Com a voz embargada, professor Barreto, que hoje está com 85 anos de idade, não escondeu a emoção: “fico muito agradecido pelas palavras Totonho, e o que fiz foi pensando no bem estar e no futuro das pessoas”. Barreto também contou o início de sua exemplar carreira.

Professor Barreto inaugura o livro de presença do Museu do Esporte

Para A GAZETA, o prefeito Paganini se mostrou satisfeito com a homenagem ao ícone do esporte de nossa terra: “falar no professor Barreto é falar em força de vontade, dedicação e saúde. Várias gerações tiveram o prazer de ter aula com ele ou participar de algum evento que ele promoveu. Falar no seo Zé Barreto e falar em superação”, disse Paganini.

O Museu do Esporte tem um verdadeiro acervo do homenageado com mais de 1.000 medalhas, troféus, diplomas, recortes de jornais e muito mais.

Quadro de medalhas é um dos destaques do espaço

Outro esportista itapirense ilustre divide o espaço, nosso capitão Bellini, o primeiro brasileiro a levantar a taça de campeão do mundo de futebol.

Fotos e documentos pessoais do capitão da Copa de 1958 estão expostos no local escolhido para homenagear as duas maiores lendas do esporte de Itapira em 200 anos.

 

 

Últimas Notícias

Guia Comercial

error: