(19) 9 8187 9851
contato@gazetaitapirense.com.br 
(19) 9 8187 9851
contato@gazetaitapirense.com.br 
  • 23/03/2020

Presa acusada de participar da morte do gm Alex

Rosângela Aparecida Pires de Lima, de 39 anos, foi presa hoje em uma operação comandada por policiais civis de Itapira. Recai sobre ela a acusação de ter dado a ‘fita’ sobre o malote que estaria com o gm Alex Leme.  Ela é sogra de Caíque Rafael Alves Rouxinol, o Docero, que está preso.

Alex acabou morto na avenida Getúlio Vargas após ser alvejado por arma de fogo, ficando sem o malote e sua arma. Rosângela afirmou nos depoimentos que foi obrigada a dar as informações privilegiadas para os bandidos.

“Após exaustiva investigação conseguimos hoje efetivar a última prisão de um dos envolvidos no caso que culminou na morte do GCM Alex. Outros dois acusados permanecem presos à disposição da Justiça. Essa última prisão, restou confirmado, a participação dos outros três acusados. Não resta dúvida por parte deste Setor de Investigações a participação dos acusados”, disse o investigador chefe Daniel Portilho.

O Ministério Público local foi acionado e pediu a prisão de Rosangela de Lima, pedido esse que foi aceito pelo Juizado local.

O caso que teve repercussão nacional foi conduzido na Polícia Civil pelo delegado Anderson Casemiro e pelos investigadores Daniel e Lígia. Toda a ação criminosa foi desvendada e o caso encerrado.

Rosangela acabou presa: entregou Alex aos marginais (foto Facebook)

Últimas Notícias

Guia Comercial