(19) 9 8187 9851
contato@gazetaitapirense.com.br 

(19) 9 8187 9851
contato@gazetaitapirense.com.br 
  • 29/12/2020

Novas moradias de Eleutério serão 100% financiadas

 

Em uma reunião ocorrida na manhã de hoje no escritório político do deputado Barros Munhoz, o diretor de Atendimento Habitacional da CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano de São Paulo), Marcelo Hercolin, trouxe boas notícias em relação à construção de 41 casas populares em Eleutério.

Até então que adquirisse o imóvel teria que desembolsar uma entrada para conseguir o financiamento do valor restante do imóvel. Mas Totonho Munhoz trabalhou junto ao secretário de Habitação de São Paulo, Flávio Amary, para que esta exigência fosse subtraída do processo de compra do imóvel.

“Graças ao trabalho do deputado Barros Munhoz, venho, em nome do secretário de Habitação, trazer a boa notícia para os futuros moradores das casas que serão construídas: a CDHU irá subsidiar o valor da entrada também”, disse Hercolin.

Munhoz e Hercolin informaram a novidade na manhã de hoje

Antes da CDHU iria entrar com R$ 17.000,00, a Caixa Econômica Federal com mais uma parte e os moradores com uma entrada. Agora o subsidio da CDHU chegará a R$ 37.000,00 e os compradores terão 100% do imóvel financiado.

“Nossa vida é feita de lutas, sempre. Nada mais justo do que oferecer para as pessoas as melhores condições para que realizem seus sonhos, e a casa própria e um deles”, disse Totonho.

O processo licitatório já foi realizado e a expectativa é de que logo no começo de 2021 as obras comecem, com estimativa de entrega em até 18 meses. O loteamento ‘Milton Mendes’ estará imerso no Programa ‘Casa Paulista’, para pessoas com renda de R$ 1.200,00 a R$ 5.800,00.

Além de Munhoz e Hercolin, participaram da reunião representantes dos moradores de Eleutério.

Últimas Notícias

Guia Comercial

error: