contato@gazetaitapirense.com.br 

(19) 9 8187 9851
contato@gazetaitapirense.com.br 
  • 07/04/2021

Covid levou embora o mais antigo sapateiro da cidade

Passou quase que despercebido o sepultamento do sapateiro Geraldo Ramonda, ocorrido no Cemitério da Saudade no dia 30 de março, um domingo. Ramonda, de 91 anos, foi mais uma vítima da covid em Itapira. A GAZETA apurou que poucas pessoas foram se despedir dele.

No começo de fevereiro deste ano, a GAZETA publicou uma entrevista com Geraldo, quando falou de sua trajetória e colocou à tona alguns dissabores, como o fato de ter perdido a esposa Maria Ignês, em dezembro de 2020.

Falou de sua condição de ser um dos últimos itapirenses a exercer o ofício de sapateiro, algo que fez ao longo dos últimos 70 anos, sempre na avenida Rio Branco, onde até algum tempo atrás ainda dava expediente em sua oficina, agora definitivamente fechada.

A porta onde funcionava sua oficina fechou-se de forma definitiva em março

O aposentado João Francisco de Oliveira, o popular “João do Opala”, amigo da família, contou que Geraldo tinha tomado a primeira dose da vacina, mas não tomou a segunda. Disse que nem ele foi ao sepultamento. “Foi tudo muito rápido. Fiquei muito porque perdi um grande amigo”, lamentou.

 

 

Últimas Notícias

Guia Comercial

error: