(19) 9 8187 9851
contato@gazetaitapirense.com.br 
(19) 9 8187 9851
contato@gazetaitapirense.com.br 
  • 29/06/2020

Cinco empresas apresentam propostas para construção de ponte

A prefeitura de Itapira tem procurado manter, a despeito dos problemas causados pelo enfrentamento do novo coronavírus, seu cronograma de obras, algumas delas de grande porte e que apresentam uma certa urgência.

É o caso da nova ligação para o bairro da Ponte Nova, cujo trecho foi interditado desde o dia 18 de fevereiro por decisão judicial. Por causa da interdição, toda e qualquer movimentação dos moradores e pessoas que precisam ter acesso ao bairro, são feitas pela estrada rural da Ponte Preta (cerca de 5 quilômetros a mais por estrada de terra) ou seguindo por asfalto na SP-147, até Lindoia, e daí para Águas de Lindoia, onde existe uma estrada vicinal pavimentada que desemboca dentro do bairro, trajeto de quase 15 quilômetros a mais.

O prefeito José Natalino Paganini informou que vem acompanhando muito de perto o desfecho da licitação do projeto orçado em quase R$ 1,5 milhão. Na semana passada foram apresentadas cinco propostas para a construção da obra, em fase de análise pela Secretaria de Recursos Materiais. Até o início do próximo mês deverão ser conhecidas as empresas habilitadas para a entrega das propostas financeiras.

Se nada de extraordinário ocorrer, ainda em julho será conhecida a empresa vencedora. Obedecidos os chamados prazos recursais, existe a possibilidade que a obra comece dentro de 30 dias. “Estamos bastante empenhados em dar uma excelente notícia, mais uma, para os moradores da Ponte Nova”, disse o prefeito José Natalino Paganini, ao comentar o assunto. Ele mencionou que a Secretaria de Recursos Materiais – aquela que cuida das licitações – vem trabalhando de forma a dar andamento no processo da maneira mais célere possível.

Passagem foi interditada em fevereiro por determinação judicial

O projeto original prevê uma nova passagem com 33 metros de cumprimento, 09 metros de largura, provida de diversos equipamentos de segurança. Teria capacidade de suportar peso de até 45 toneladas. A ponte atual, interditada, foi projetada para absorver somente 08 toneladas de carga.

 

 

 

Últimas Notícias

Guia Comercial

error: