(19) 9 8187 9851
contato@gazetaitapirense.com.br 
(19) 9 8187 9851
contato@gazetaitapirense.com.br 
  • 14/02/2020

Acusado de matar Alex, BH morre em confronto

Teve fim ontem a procura por aquele que é apontado pelas investigações como sendo o homem que efetuou os disparos contra o guarda municipal Alex Leme.

O crime ocorreu no fim de janeiro na avenida Getúlio Vargas, no bairro Santa Marta.

As informações são de que os homens do BAEP (Batalhão de Ações Especiais de Polícia) estavam com o mandado de BH em mãos e saíram à caça.

Eles receberam a informação de que o foragido estaria em um imóvel na vizinha cidade de Lindóia.

Ao perceber que seria preso, BH teria fugido e trocado tiros com os policiais. Ele acabou ferido e veio a óbito.

BH foi morto em confronto


Captura

Horas antes da morte de BH, o setor de inteligência da Polícia Civil de Itapira conseguiu chegar até Kaique Rafael Alves Rouxinol, vulgo Docero, em uma casa na rua Mauro Simões, no Penhão. A ação teve participação da GM local.

Cerco feito Penhão pegou Docero ontem

Docero é suspeito de ter participado com o carro que deu cobertura à ação criminosa. O veículo, um Golf verde, foi apreendido semana passada.

A Polícia Civil já havia prendido outros dois suspeitos no começo do mês.

As peças do quebra cabeça do crime parace ter sido encaixadas, mas o delegado Anderson Casimiro e o investigador chefe Daniel Portilho ainda têm muito trabalho pela frente.

A morte do GM Alex Leme abalou toda a cidade.

Últimas Notícias

Guia Comercial

error: